Atividades na FreguesiaEventosFeaturedNoticia

Sessão Informativa Acolhimento Familiar

Reconhecendo o Acolhimento Familiar como uma medida prioritária de colocação, nos casos em que é necessária uma medida de promoção e proteção alternativa à família biológica, o Movimento ao Serviço da Vida (MSV) vai realizar uma sessão informativa, aberta ao público, no dia 16 de fevereiro de 2024, pelas 21 horas, na sede da Junta de Freguesia, vila da Lourinhã. 

O CAFAP – Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental – CRESCER EM FAMÍLIA foi implementado e desenvolvido pelo MSV, com Acordo de Cooperação com o Instituto da Segurança Social, IP/Centro Distrital de Lisboa, pretende promover e apoiar o Acolhimento Familiar, de forma a que seja efetivamente uma resposta social que proporcione à criança/jovem, com medida de Acolhimento, a integração, temporária, em meio familiar estável que lhe garanta os cuidados adequados às suas necessidades e ao seu bem-estar, bem como a educação e o afeto necessários ao seu desenvolvimento integral e integrado.

Ao todo, são três as modalidades de intervenção do Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental ( CAFAP): a Preservação Familiar, a Reunificação Familiar e o Ponto de Encontro Familiar.

A Preservação Familiar tem por base a prevenção, garantindo uma intervenção especializada e de proximidade. Nesta modalidade, explica o coordenado, o objetivo é “diagnosticar as situações de risco para reverter a situação, garantindo que as crianças e jovens não estão sujeitas a situações de perigo, para que não corram o risco de serem retiradas do seu contexto familiar”. Nesta modalidade, procura-se potenciar competências e dinâmicas familiares positivas.

A Reunificação Familiar visa uma intervenção focalizada e intensiva, que pode decorrer na residência da família ou numa instituição, com o objetivo de viabilizar o regresso da criança ou jovem ao seu meio de vida, designadamente nos casos de acolhimento em instituição ou em família de acolhimento.

A terceira e última modalidade de intervenção, o Ponto de Encontro Familiar, constitui-se como “um espaço neutro que visa a manutenção ou o restabelecimento dos vínculos familiares nos casos de interrupção ou perturbação grave da convivência familiar”, nomeadamente em situação de conflito parental e de separação conjugal.