Assembleia de Freguesia aprova a desagregação da Atalaia e da Lourinhã

Realizou-se esta terça-feira, 14 de junho, uma sessão extraordinária da Assembleia da União das Freguesias de Lourinhã e Atalaia tendo como únicos pontos a criação de duas Freguesias, a da Lourinhã e a da Atalaia, por desagregação da atual União das Freguesias.

A agregação das freguesias ocorreu em 2013 contra a vontade dos executivos há data “eu e o meu ex-colega Fernando Fonseca, na altura Presidente da Junta da Freguesia da Atalaia, lutámos e fomos a várias partes do Pais manifestar-mos contra a agregação das Freguesias…” disse o Presidente da Junta, Pedro Margarido. Referiu ainda que desde de 2012 tem acompanhado com atenção as várias iniciativas sobre esta temática do Governo e dos grupos parlamentares da Assembleia da Republica e que sempre afirmou perante a população, da União das Freguesias, que quando surgisse uma oportunidade iria pautar pela desagregação das Freguesias.

A Assembleia da União das Freguesias de Lourinhã e Atalaia aprovou assim por unanimidade dos membros presentes as propostas de criação das duas referidas Freguesias por extinção / desagregação da Freguesia de Lourinhã e Atalaia. Estas propostas tem de ser ainda aprovadas quer pela Assembleia Municipal quer pela Assembleia da República. 

Com objetivo de poder acolher um maior número de cidadãos a sessão decorreu na Associação Desportiva e Recreativa Marítimo de Atalaia, o que ficou aquém na afluência expectável, dado os assuntos a serem abordados, “era importante que tivesse um maior número de pessoas da Atalaia”, lamentou Pedro Margarido.