Mais 63 Ecopontos no Concelho da Lourinhã – Lourinhã e Atalaia

Mais 63 Ecopontos no Concelho da Lourinhã


No período de 4 a 11 de Julho, a Valorsul – Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos das Regiões de Lisboa e do Oeste, S.A. distribuiu, pelo concelho da Lourinhã, 63 novos ecopontos, 28 dos quais na área geográfica da União das Freguesias de Lourinhã e Atalaia, que vêm potenciar o aumento da reciclagem e a valorização de resíduos no território.
A Lourinhã é o terceiro concelho que mais recicla por habitante, na área de intervenção da Valorsul – a empresa intermunicipal responsável pela recolha e tratamento de resíduos sólidos urbanos. Em 2017, a média por habitante, nos 19 concelhos da Grande Lisboa e da Região Oeste abrangidos pela Valorsul, foi de 45 quilos, sendo que a meta estabelecida para 2020, pela Valorsul, é de 49 quilos por habitante, valor que a Lourinhã já atingiu no ano passado.

O concelho apresenta, igualmente, bons resultados a nível nacional na recolha de resíduos indiferenciados (lixo), produzindo 1,02 kg de resíduos diários por habitante, o que equivale a menos 22,8% do que a média nacional, situada em 1,32 kg de resíduos habitante/dia.

É, igualmente, notório o investimento crescente que as autarquias tem vindo a fazer na sustentabilidade, com medidas promotoras de recolha seletiva, através da valorização de resíduos e, consequentemente, da diminuição do impacto ambiental.

Com estas e outras medidas e ações, como a recente reestruturação do Depósito Temporário de Resíduos, é objetivo do Município aproximar-se, cada vez mais, de uma economia circular, um conceito estratégico que assenta na redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia.

A mobilização dos cidadãos é imprescindível para que estes investimentos resultem num expressivo aumento da reciclagem.