Comunicado – Escola Básica da Lourinhã acolhe filhos de profissionais de saúde e de forças de segurança e socorro

No âmbito das medidas extraordinárias e de carácter urgente de resposta à situação epidemiológica do novo coronavírus, previstas no Decreto-Lei n.º 10-A/2020, e na eventualidade de os profissionais de saúde, das forças e serviços de segurança e de socorro – incluindo os bombeiros voluntários, e das forças armadas, os trabalhadores dos serviços públicos essenciais, de gestão e manutenção de infraestruturas essenciais, bem como outros serviços essenciais – serem mobilizados para o serviço ou prontidão, impedindo assim que prestem assistência aos seus filhos ou outros dependentes, a Câmara Municipal da Lourinhã e os Agrupamentos de Escolas do concelho da Lourinhã, para cumprimento do estabelecido no artigo 10.o do Decreto – Lei n.º 10-A /2020, de 13 de março, definiram a Escola Básica da Lourinhã como o equipamento disponível para acolhimento dos filhos ou outros dependentes daqueles profissionais, desde que demonstrem reunir as condições para este apoio.
Os pais e/ou encarregados de educação que se enquadrem nesta situação devem contactar a direção do Agrupamento respetivo ou a Câmara Municipal da Lourinhã.

Agrupamento de Escolas D. Lourenço Vicente: gestao@aedlv.org
Agrupamento de Escolas da Lourinhã: gabinetediretor@aelourinha.pt
Câmara Municipal da Lourinhã: educacao@cm-lourinha.pt